Os Seres Nariz

Por Flávio Ribeiro “Lua)” Schmidlin

Este é um jogo inspirado no Mito da Caverna de Platão, para pelo menos 5 jogadores, a ser realizado numa casa ou num apartamento. Os personagens são todos seres nariz, criaturas que não são capazes de enxergar, mas que tem um olfato apurado, e tem a particularidade de só falarem frases de no máximo quatro palavras. O jogo é para ser realizado em uma casa ou apartamento. Um local com câmaras e corredores. A preparação para o jogo consiste em espalhar perfumes pelo local de jogo para criar uma identidade das coisas através do cheiro. Será necessário um despertador que possa tocar músicas.

O jogo começa quando todos estão devidamente vendados e dizem “3… 2… 1… Jogando!” ou algo similar. Durante a primeira hora, os jogadores devem se acostumar com sua condição de seres nariz, e formar as hierarquias da sua sociedade, à partir do Acordo do Sim. O Acordo do Sim é o combinado de aceitar as coisas que os outros jogadores dizem como verdadeiras no universo de jogo.

Após uma hora, o despertador toca na porta da casa. Os seres nariz que passarem pela porta tiram suas vendas, e são agora capazes de enxergar. Eles devem então voltar para a área de jogo, com sua nova capacidade. O primeiro a passar pela porta também deve desativar o despertador. O jogo então correrá por mais uma hora, girando em torno da questão dos que são capazes de ver.

O jogo termina quando um segundo despertador tocar no ambiente de jogo ao final desta segunda hora de jogo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s